Rua: Antonio Clemente  n183- Jd. São Paulo- São Paulo/SP  11 2281-6266/ 2099-1074 11 95032-0480 astego@uol.com.br

Tire sua dúvida

A quem compete à confecção e retirada do Gesso Ortopédico (Imobilização Ortopédica)?

A quem compete à confecção e retirada do Gesso Ortopédico (Imobilização Ortopédica)?

Em atendimento aos inúmeros questionamentos de Gestores dos Departamentos de  Recursos Humanos,temos a esclarecer que,todos os procedimentos equiparados a confecção e retirada de Imobilização Ortopédica por motivos de lesão òsteo-muscular,constitui um tratamento ortopédico de exclusiva competência médica.Desta forma não poderia ser assumida por profissionais de enfermagem, se o fizer, pode responder pelo crime de exercício ilegal da profissão médica, além de sofrer às demais sanções ético-profissionais da profissão regulamentada ainda deve ser considerada a incompatibilidade do exercício dessa função (imobilização ortopédica)concomitantemente com o exercício da profissão de técnico/auxiliar  de enfermagem, pois este somente poderia realizar  suas atividades sob supervisão do (a) Enfermeiro (a) ação privativa desse profissional (Decreto 94.406/87), Artigo 13.

Os procedimentos médicos especificamente às Imobilizações do aparelho locomotor é supervisionada por médico obrigatoriamente (parecer 12/85 do Conselho Federal de Medicina).Dessa maneira as atribuições do Técnico de Imobilização Ortopédica -TIO só devem ser  supervisionada pelo médico ortopedista. A Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia,entende a questão de forma similar,  mesmo porque essa é a experiência vivenciada a cinqüenta e quatro anos pelos Técnicos de Imobilização Ortopédica nos Consultórios e Hospitais especializados em ortopedia e traumatologia diariamente como sendo um método seguro e eficaz,sobretudo em razão da responsabilidade pelo ato ser   do médico.(processo CFM 1.709/1999PC//CFM/35/2002) Relator Professor Doutor Antonio Gonçalves Pinheiro.

Astego